ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Menu Principal > Artigos



Papa cita Hitler e faz alerta sobre avanço do populismo semeado pelo ódio
Postado em 24/10/2018, às 02:33:38
 

O papa Francisco fez 1 alerta nesta 3ª feira (23.out.2018) para o risco de uma 3ª Guerra Mundial e sobre o avanço do populismo, citando o exemplo de como o ditador nazista Adolf Hitler foi eleito. “Sabemos como começam os populismos: semeando o ódio”, disse.

Segundo o pontífice, é importante que os jovens aprendam sobre a história dos conflitos mundiais ocorridos no século 20 e conheçam a experiência do pós-guerra para que não caiam no mesmo erro.

“É importante que os jovens saibam como nasce 1 populismo para criar consciência. É importante que conheçam para que não caiam no mesmo erro. Pensamos em 32, 33, em que Hitler prometeu o desenvolvimento da Alemanha após 1 governo que tinha terminado mal. Sabemos como começam os populismos: semeando o ódio. Não se pode viver semeando ódio”, afirmou.

As declarações foram feitas durante encontro com jovens e idosos para a apresentação do livro Francisco, a Sabedoria do tempo, na Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, no Instituto Patrístico Augustinianum, na Itália. O alerta foi feito após uma mulher questioná-lo sobre como pensa sobre “o crescimento do ódio e este momento difícil da história do mundo”.

Para o papa, a 3ª Guerra Mundial já existe, mas em determinados lugares pelo mundo. “Acredito não exagerar nisto“, disse.

“Hoje existe a 3ª Guerra Mundial em capítulos, pedaços. Olhem para os locais dos conflitos. Há falta de humanidade, há agressão, ódio entre culturas e tribos e também uma deformação da religião. Este é o caminho do suicídio: semear ódio”, completou.

O papa ainda citou o físico alemão Albert Einstein, ao dizer que a 3ª Guerra Mundial “destruirá tudo”.

“Vem-me em mente a profecia de Einstein: a 4ª guerra mundial será feita com pedras e bastões, porque a 3ª destruirá tudo. Semear ódio, violência e divisões é 1 caminho de destruição, suicídio”, afirmou.

“Pode-se fazer isso por muitos motivos. Aquele jovem do século passado fez uma limpeza com a pureza da raça, com os migrantes”, completou ao se referir a Hitler.

Em janeiro do ano passado, o papa já havia citado Hitler, ao dizer que em tempos de crise, as pessoas buscam 1 salvador que defenda seu povo com muros de “outros povos”.

Francisco também pediu tolerância aos países com refugiados. Segundo o pontífice, o acolhimento de migrantes é 1 mandamento bíblico e que a Europa foi feita de migrantes.

Sobre as mortes de refugiados ao tentar chegar na Europa, o papa disse que hoje “o mar mediterrâneo é o novo cemitério“.

“Peço a todos por favor, olhem o novo cemitério europeu, o mar mediterrâneo”, disse, ao pedir humanidade.

Segundo o pontífice, os governos têm o direito de estabelecer limites para a imigração, mas é importante que a Europa chegue a 1 acordo sobre a questão. Segundo ele, países como Itália, Espanha e Grécia não deveriam ter que acolher mais refugiados que outros países do continente.

 
 

Artigo Visto: 275 - Impresso: 15 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.radiodeusamavoce.com.br

 
 
Copyright 2014 - 2019 - www.radiodeusamavoce.com.br - Todos os Direitos Reservados
Sistema desenvolvido por www.espacojames.com.br

Acesso Webmail