ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Menu Principal > Artigos



Dia de Reis e da Epifania do Senhor
Postado em 06/01/2019, às 16:03:45
 

O Dia de Reis e da Epifania do Senhor é uma solenidade de origem oriental, nos lembrando o a reveleação da declaração e a aparição o significado da divindade de Jesus Cristopara o mundo pagão através dos Reis Magos.

É uma das festas mais tradicionais da igreja, o Dia de Reis é celebrado por todos os católicos do mundo, relembrando a visita dos reis magos vindos do oriente para adorar Jesus.

O termo “mago” vem do antigo idioma persa e serviu para indicar o país de suas origens: a Pérsia. Eram reis, porque é um dos sinônimos daquela palavra, também usada para nomear os sábios discípulos de uma seita que cultuava um só Deus. Portanto, não eram astrólogos nem bruxos, ao contrário, eram inimigos destas enganosas artes mágicas e misteriosas.

Os Reis Magos esperavam ansiosamente pela vinda do Senhor, que mesmo entre os pagãos era aguardado, tamanha a importância da vinda de Jesus Cristo ao mundo, então sendo assim Deus recompensou estes homens conhecidos por sua retidão e justiça com a Estrela de Davi para que a seguissem e encontrassem o Filho Unigênito do Pai.

Como é conhecido da história os três reis magos chegaram até o local de nascimento de Jesus, e ali entregaram a ele os presentes que são os sinais da realeza do filho de Deus:

O Insenso: representando a essência divina de Cristo.
A Mirra: representando a essência humana.
O Ouro: representando a realeza e a importância de Jesus.

Por muito tempo os Três Reis Magos: MelquiorGaspar e Baltazar tiveram seus tumulos mantidos no local de seus falecimentos, porém no ano de 474 seus restos foram sepultados em Constantinopla (atual Istambul na Turquia), que era a cidade cristã mais importante no Oriente, anos mais tarde foram levados para a Itália na cidade de Milão, e no ano de 1164 foram levados para a Alemanha na cidade de Colônia, onde foi construída a Catedral dos Reis Magos que guarda seus restos até hoje.

Durante o século XII, com grande inspiração, São Beda, doutor da Igreja, descreveu o rosto dos três reis magos, assim: “O primeiro, diz, foi Melquior, velho, circunspecto, de barba e cabelos longos e grisalhos… O segundo tinha por nome Gaspar e era jovem, imberbe e louro… O terceiro, preto e totalmente barbado chamava-se Baltazar (cfr. “A Palavra de Cristo”, IX, p. 195)”.

Deus revelou seu Filho ao mundo e ordenou que o acatassem e seguissem. Os reis magos fizeram isto com toda humildade, gesto que simboliza o reconhecimento do mundo pagão desta Verdade. Isso é o mais importante a ser festejado nesta data. A revelação, isto é, a Epifania, que confirma a divindade do Santo Filho de Deus feito homem, que no futuro sacrificaria a própria vida em nome da salvação de todos nós.

 
 

Artigo Visto: 184 - Impresso: 1 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.radiodeusamavoce.com.br

 
 
Copyright 2014 - 2019 - www.radiodeusamavoce.com.br - Todos os Direitos Reservados
Sistema desenvolvido por www.espacojames.com.br

Acesso Webmail