ANUNCIE AQUI!
ANUNCIE AQUI!
Menu Principal > Notícias



Cerca de 170 mil pessoas participam do 101º Círio de Nossa Senhora da Conceição
Postado em 24/11/2019, às 18:11:51
 

Sob um sol escaldante, o povo caminhou com Maria por cerca de 3h40 na manhã deste domingo (24). O Corpo de Bombeiros estima que aproximadamente 170 mil pessoas caminharam no 101º Círio.

Mais de 20 homenagens foram prestadas à padroeira da arquidiocese de Santarém ao longo do trajeto de 7 km. As homenagens vieram em forma de música, depoimentos emocionados e queima de fogos.

Quem não pôde caminhar deu um jeitinho de acompanhar o Círio. Foi o caso da professora aposentada Terezinha Marialva. Ela que por seis anos ajudou nos trabalhos na barraca da festa, está em cadeira de rodas. Da varanda de sua casa que fica na travessa Benedito Guimarães próximo à avenida São Sebastião, Terezinha fez suas orações enquanto acompanhava a passagem da procissão.

"Eu não pude caminhar, mas meus familiares foram caminhar com Maria. Eu queria ver a berlinda passar e agradecer por tudo que Nossa Senhora faz por nós. Tudo por Nossa Senhora", disse.

Crianças também prestaram suas homenagens em agradecimento à Maria por bênçãos recebidas. Na frente de sua casa, na avenida São Sebastião, a pequena Ágatha Stefany, de 8 anos, acompanhou a procissão vestida de Nossa Senhora, para pagar a promessa que fez pela recuperação da saúde de seu pai. "Meu pai ficou muito doente e eu fiz a promessa pra Nossa Senhora. Ela intercedeu e hoje meu pai está caminhando na corda e eu acredito que ele ainda vai viver muitos anos perto de mim. Eu amo o meu pai", declarou.

 

 

Solidariedade

 

Por toda a extensão do percurso da procissão não faltaram gestos concretos de solidariedade. Famílias, empresas e instituições reunidas na distribuição de água, suco, café e lanches para fortalecer os romeiros na caminhada.

O Grupo de Escoteiros Muiraquitã esteve presente com adultos jovens e crianças. De acordo com o presidente do grupo, Azomar Jati, um dos princípios do escotismo é ajudar o próximo, e o Círio proporciona essa experiência de fazer o bem.

A Igreja Batista Central abriu suas portas mais uma vez para os romeiros do Círio. Além de distribuir água, a igreja liberou os banheiros.

Próximo à corda do Círio, foram muitas as mãos caridosas que ajudaram dando água aos promesseiros, molhando os seus pés, colocando esparadrapo quando as bolhas teimavam em aparecer devido o contato com o asfalto quente. As palavras de conforto, as orações e o incentivo para não desistir da caminhada, também ajudaram na peregrinação, apesar de toda a dor e sacrifício.

 

 

Segurança

Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Samu e bombeiros civis também estiveram presentes no Círio de Nossa Senhora da Conceição para garantir a segurança e o atendimento dos romeiros nos casos de emergência.

O Samu atendeu apenas duas ocorrências que necessitaram da remoção de romeiros até o Pronto Socorro Municipal. "Atendemos uma senhora com dor abdominal e outra com desmaio, elas foram conduzidas ao PSM e na sequência liberadas. Estamos com cinco equipes caminhando, inclusive o Samuzinho, e tivemos várias ocorrências atendidas por eles ao longo do percurso, mas nada grave", contou o coordenador do Samu, Joziel Colares.

Pessoas com os pés cortados por cacos de vidro ou pelas bolhas que estouraram foram prontamente atendidas pelos bombeiros civis e emergencistas ao longo do Círio.

 

 

Círio de significados

 

Para o padre Odirley Maia, que presidiu a celebração de envio do Círio 2019, a principal romaria deste ano representa o fruto de um trabalho pastoral e da fé viva do povo católico da agora arquidiocese de Santarém.

"Esse ano é um Círio diferente, é único. Estamos nos preparando para esse marco histórico que é justamente a criação da nossa Arquidiocese de Santarém, para a chegada do nosso arcebispo, então isso demonstra toda a expectativa do nosso povo com essas mudanças, a devoção em Nossa Senhora e fé em Jesus Cristo", disse.

Segundo padre Odirley, no ano em que foi realizado o Sínodo da Amazônia, o Círio é também um momento de todos refletirem sobre a necessidade de se proteger e preservar a Amazônia.

"É um Círio para nós refletirmos sobre o cuidado que devemos ter também com a nossa casa comum, a Amazônia. Que a nossa prece suba até o céu, para que Maria possa nos ajudar, nos incentivar a preservar e a proteger a nossa Amazônia, a nossa casa comum", finalizou.

 

 
 

Artigo Visto: 13 - Impresso: 0 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.radiodeusamavoce.com.br

 
 
Copyright 2014 - 2019 - www.radiodeusamavoce.com.br - Todos os Direitos Reservados
Sistema desenvolvido por www.espacojames.com.br

Acesso Webmail